quinta-feira, 23 de julho de 2009

Criação de Ring Neck (Psittacula krameri)



CARACTERÍSTICAS RINGNECKS:

Nomes populares: Ringneck (inglês: ring = anel; neck= pescoço) ou Periquito de Colar, ou Periquito Indiano.
Nome científico: Psittacula Krameri
Origem: Norte da África, Índia.

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Alimentação:
- Basicamente, uma mistura de sementes: alpiste, painço, senha, girassol (sem exagero), linhaça, castanhas, pinhão, milho verde etc.
- Frutas, legumes e verduras: goiaba, maçã (retirar as sementes), cenoura, pimentão, jiló, beterraba, almeirão, repolho. Pode ser dada alface, pois há o risco de diarreia.
- Importante: deixar disponível uma barra de cálcio ou osso de siba, principalmente, na época de reprodução. Além de “afiar” o bico, ajuda na formação e postura dos ovos.
- Água limpa sempre a disposição.
- Não forneça: Abacate, chocolate, bebidas alcoólicas, alimentos que contenham sal, cafeína ou gordura em excesso.

No período de troca de penas (dezembro/janeiro) e reprodução é bom dedicar uma atenção maior à alimentação, variando-a o máximo possível.

Instalações:
- Localizada, preferencialmente, onde seja possível às aves terem acesso ao Sol da manhã e que tenha uma proteção de sombra e que os proteja do frio e vento excessivo. Quanto às medidas, estas podem variar, mas recomendamos o tamanho mínimo de 1,50 m X 0,60 m X 0,60 (comprimento x largura x altura).
- Cuidado com telas muito finas, eles podem cortá-las.
- Feche bem as portas, pois são aves curiosas e num descuido podem abri-las e fugir.
- Cuidado com jornais, revistas ou outros materiais que podem entrar em contato com seus pássaros... podem ser tóxicos. Jornal, por exemplo, contém substâncias que se acumulam no corpo do pássaro e com o tempo podem levá-lo ao óbito.
- Procure instalar poleiros de espessuras variadas, para estimular o exercício da musculatura dos pés.
- Os ninhos podem variar: há criadores que preferem os verticais e outros, os horizontais. Na Vila Fauna, utilizamos com sucesso os ninhos horizontais, medindo: 45 cm X 25 cm X 25 cm (comprimento x largura x altura).

Período de Reprodução:
- Julho a Janeiro.
- Na época de reprodução, as fêmeas instintivamente “gostam e precisam fazer” o ninho. Porém como este já está pronto, às vezes, ela rói algumas partes do mesmo. Por isso, para que ela o “faça”, pode-se pôr dentro dele um pouco de serragem e/ou pedaços pequenos de madeira para que o casal o prepare a seu modo e não danifique o que está pronto.

Formando o Casal:
Se o casal for adquirido junto e mudarem de ambiente, adaptaram-se facilmente.
Se já houver uma ave e outra for introduzida, é importante observar se a ave que já estava inserida no viveiro vai ser receptiva ou se, para proteger o território, será hostil com o novo companheiro (a). Como são aves gregárias convivem bem juntas.

Os casais ficam prontos para reproduzirem-se a partir do segundo ano de vida, as fêmeas (principalmente as verdes) podem até reproduzir no primeiro ano, mas o ideal é não forçá-las a botar usando medicamento. Já os machos, por serem muito jovens, podem ainda não fecundar as os ovos no primeiro ano, estando aptos somente no segundo ano.
A diferença entre os machos e as fêmeas se dá aproximadamente, após a segunda ou terceira troca de penas, ou seja, do segundo para o terceiro ano de vida. Os machos passam a exibir um colar ou anel preto e rosa no pescoço, daí o nome Ringneck (do inglês: ring = anel, neck= pescoço). As fêmeas ficam apenas com o sinal do anel, assim como os jovens ou filhotes.

A Corte:
No final do inverno começa o período de reprodução. Os machos intensificam as exibições para as fêmeas, cantando e “dançando” e passam a alimentá-la com mais frequência. Esta, por sua vez, numa atitude de receptividade e aceitação, abaixa-se ou inclina-se um pouco, contraindo os olhos e produzindo um som semelhante a um “gemido”. Todo este ritual indica que o casal está, realmente acasalado ou, como costuma se dizer, “formado”.
Depois de formado o casal e com o ninho já instalado no viveiro é só esperar os ovos e os filhotes.
Também na época da reprodução pode se fornecer vitamina E, encontrada em pet shops. Isto é dispensável, pois pássaros saudáveis e bem alimentados iniciarão naturalmente a reprodução no tempo certo.

Filhotes Mansos
Os Ringnecks são aves muito inteligentes. Com dedicação e paciência podem ficar mansos e repetir assobios e algumas palavras, dependendo do tempo de treino de quem o estiver “educando”. Quanto maior o tempo que se passa com o filhote, mais ele vai se identificar e confiar nas pessoas, ficando assim mais fácil de ensiná-lo a interagir conosco. A idade ideal para se adquirir um filhote é com 15 dias aproximadamente, pois assim, já receberam os probitóticos necessários dos pais, estando mais resistentes, e ainda estão com pouca visão, isto permite que passem a reconhecer, com mais facilidade, as pessoas como “seus semelhantes”.
A alimentação dos filhotes deve ser feita com uma mistura (papa) própria para filhotes adquirida em casas de ração ou pet shops e deve ser dada através de uma seringa. Eles a aceitam com muita facilidade. Evite papa de fubá, além de pobre em vitaminas e nutrientes (não se vive bem só de milho!), a digestão pode ser mais demorada e o filhote pode ficar “empapado”. Se possível, é adquirir filhotes que já estejam habituados com a papa, pois assim não haverá chance de adquirir um filhote que a rejeite (raro...mas, possível).
Muito importante: Quando estiver tratando de um filhote “na papa” a higienização é muito importante para mantê-lo saudável: mantenha-o em ambiente aquecido, evite umidade, evite deixá-lo em contato com as próprias fezes ou de outras aves, forre o “ninho’ onde estiver o filhote com serragem e a troque todo dia, dê alimento apropriado, sempre lave as mãos antes e depois de manuseá-lo. Não deixe sobras na seringa “para mais tarde”, pois podem proliferar-se bactérias. Adquira filhotes de criadores responsáveis e preocupados com o bem-estar das aves.

Visite nosso site www.ringneck.com.br

9 comentários:

Joana Pereira disse...

É possivel uma ave desta espécie se manter viva em liberdade num clima como o de Portugal?

Foto Cristo disse...

Aprendi muito,pois eu tenho 5 ringnck e tres deles ven na mao
e os outros e mais dificiu mais e manço. Pergunto ,mesmo eles manço eles pode dar filhote igual as calopicita?

joao santos disse...

O teu site está bem organizado,espero que esta época de criações corra como desejado, um abraço

joao santos

http://moitadosringnecks.blogspot.com.

Gleicy disse...

Bom dia, estou precisando de orientação, eu tinha um casal de ring neck, mas o macho fugiu e agora a fêmea está pondo, existe a possibilidade destes ovos serem fecundados? Ela está no ninho a maior parte do tempo saindo apenas para comer. Com quanto tempo consigo ver se eles estão galados?

Celso Soares disse...

Fiz este video onde mostro o ring neck , falando em varios idiomas pelo mundo, veja-o e desfrute Celso Soares
http://youtu.be/

Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernando disse...

Celso, Vou postar em nosso site www.ringneck.com.br

O vídeo é ótimo. Parabéns!

Obrigado pela contribuição.

amo aves disse...

da uma olhada neste video aew https://www.youtube.com/watch?v=XijxYU1oyAk